Está confirmado: Ovos nunca chegaram e Portugal pede saída da lista

(Foto: Rex Features)

O Ministério da Agricultura já fez saber às autoridades responsáveis que os ovos nunca chegaram a Portugal.

Portugal deverá ser retirado da lista de países afetados pela contaminação de ovos com Fipronil, depois de as autoridades portuguesas terem entrado em contacto com as entidades responsáveis.

“As autoridades portuguesas já pediram a retirada de Portugal da lista de países afetados pela contaminação de ovos com Fipronil. Portugal entrou ontem nessa lista na sequência de uma notificação de alerta do RASFF (Rapid ABlert System for Food and Feed) baseada na emissão de uma fatura de um distribuidor Belga em nome de uma empresa de construção civil com domicílio em Portugal”, explica o Ministério da Agricultura em comunicado.

Depois de uma investigação da Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE), verificou-se ter-se tratado de um episódio isolado, através da “aquisição e consumo privado de 6 embalagens de 30 ovos, usadas nas cantinas da referida empresa, que se encontra a operar em território da Bélgica”.

“Os ovos adquiridos pela empresa à distribuidora comercial belga foram integralmente consumidos em território da Bélgica”, acrescenta ainda a nota.

Desta forma, confirma-se que “o território português permanece, até à presente data, livre de ovos contaminados com Fipronil, sendo um dos três estados-membros que não estão envolvidos nesta crise, que teve origem no centro da Europa”.

Recorde-se que os dados divulgados na terça-feira colocavam Portugal entre os Estados-membros afetados pelo comércio ou distribuição de ovos contaminados com o pesticida tóxico fipronil, segundo a mais recente lista da Comissão Europeia, a que a Lusa teve acesso.

Tanto a tutela como a ASAE já tinham esclarecido que os ovos em causa não estavam à venda em Portugal. (Notícias ao Minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA