Escolas católicas incluem aulas digitais

Bispo da Diocese do Luena, Dom Jesus Tirso Blanco (Foto: kinda kyungu)

Mil e oito alunos do ensino primário das 18 escolas católicas da província do Moxico serão inseridos num projecto de aulas digitais no próximo ano lectivo (2018), informou hoje, no Luena, o bispo da Diocese do Luena, Dom Jesus Tirso Blanco.

Denominado projecto “Profuturo”, implementado há um ano, o projecto visa inculcar conhecimentos básicos sobre informática e manejo de novas tecnologias.

Em declarações à Angop, o bispo do Luena destacou a pertinência de os alunos dominarem as novas tecnologias a partir da base, para saberem gerir a globalização e contribuir no seu intelecto.

Disse que o Profuturo já está generalizado nas escolas católicas nos municípios do Moxico (sede provincial) e de Camanongue, sendo que o desafio passa pela expansão em toda província em 2018.

O Profuturo já funciona também na Lunda Sul, Lunda Norte e Malange.

Dom Jesus Tirso Blanco anunciou ainda a construção de duas novas infra-estruturas na cidade do Luena aonde funcionarão cursos básicos e profissional para capacitar a juventude de novas aptidões no domínio de informática e novas tecnologias.

Por outro lado, disse estar a terminar neste momento a construção de Centros de Áreas Protegidas ao nível de todas paróquias, para a educação dos jovens, prática de desportos, para abster a juventude de actos inadequados à sociedade.

Reafirmou a predisposição da igreja continuar apostado na construção de escolas e contribuir no desenvolvimento do país.

A Igreja Católica na província do Moxico tem 18 escola do ensino primário, uma do I ciclo do ensino primário e secundário e superior (Instituto Superior Filosófico Regional Leste), controlando 18 mil e 196 estudantes.
(Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA