ENSA lança seguro de protecção escolar

(DR)

A Empresa Nacional de Seguros de Angola (ENSA) introduziu, no mercado, um novo pacote de serviços destinado à protecção escolar, com vista à sua comercialização nos estabelecimentos de ensino.

O novo serviço foi viabilizado mediante um acordo, rubricado em Agosto, entre a seguradora e a Associação Nacional de Ensino Particular (ANEP).

O seguro de acidentes pessoais e protecção escolar cobre riscos de acidente sofridos por alunos durante as actividades escolares, para além de garantir a cobertura da responsabilidade civil do estabelecimento, a reparação de danos patrimoniais e não patrimoniais causados a terceiros, em consequência de acidentes que ocorram nas instalações escolares.

A cobertura inclui a responsabilidade civil dos membros do corpo docente e empregados do estabelecimento de ensino ou outras pessoas ao seu serviço, mesmo que temporariamente.

Enquadra-se ainda neste pacote a cobertura de acidentes que ocorram entre o local de residência e a escola, estando ainda acoplado ao contrato a responsabilidade civil dos alunos e da escola pelos danos que estes tenham causado a terceiros.

O contrato prevê também que, em caso de morte da pessoa assegurada, em consequência de um acidente ocorrido durante a actividade escolar, a seguradora pague uma compensação, estando ainda estabelecido, por outro lado, que, em caso de incapacidade permanente, a seguradora efectue o pagamento de um montante correspondente à aplicação ao capital seguro do grau de incapacidade sofrido por aquela, se este for superior a 25 pontos.

A ANEP conta com 1, 5 milhões de estudantes, distribuídos entre a 1.ª e a 12.ª classe. Só em Luanda, estão 600 mil e encontram-se em vários colégios associados.

O presidente do conselho de administração da ENSA, Manuel Gonçalves, disse, na ocasião, que ,“se quisermos mudar o país, temos de começar pela educação” e que o seguro para a protecção escolar de crianças e jovens “é crítico para o futuro que pretendemos assegurar”.

Apesar da conjuntura económica do país, o resultado líquido da ENSA cresceu mais de 44% em 2016, com o valor líquido de 1.013 milhões de kwanzas, superando os 705 milhões de kwanzas de 2015.

Neste período, registou-se também o aumento de 11% no valor de prémios, atingindo um total de 47,6 mil milhões de kwanzas, proporcionado pelos produtos de saúde, acidentes de trabalho, petroquímica e automóvel. (Valor Económico)

DEIXE UMA RESPOSTA