Emir do Catar chama príncipe saudita para iniciar diálogo

oto cedida pelo Palácio Real Saudita em 15 de agosto de 2017 mostra o príncipe Mohammed bin Salman, em Jidá (Saudi Royal Palace/AFP / BANDAR AL-JALOUD)

O emir do Catar telefonou nesta sexta-feira ao príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohamed bin Salman, para manifestar seu interesse em resolver a crise diplomática bilateral que se estende há três meses, informou na madrugada deste sábado a agência estatal de Riad.

O príncipe “celebrou a disposição” de diálogo e precisou que “o anúncio sobre as modalidades deste diálogo se efetuará após a conclusão de um acordo” entre Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Barein e Egito, que em bloco romperam relações com o Catar.

O telefonema do emir do Catar, xeque Tamin bin Hamad Al Thani, ocorre após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se oferecer para mediar a crise, assegurando que a disputa poderia ser resolvida “bem facilmente”.

A crise, latente, explodiu no dia 5 de junho, quando Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Barein e Egito romperam relações diplomáticas com Doha.

Os quatro países acusaram o Catar de apoiar grupos extremistas e de se aproximar do Irão, grande rival da Arábia Saudita, e impuseram ao emirado sanções sem precedentes, com o bloqueio de vias de acesso marítimas, aéreas e terrestres.

Doha rejeitou as acusações e culpou os quatro países por atentar contra sua soberania. (Afp)

DEIXE UMA RESPOSTA