Embaixadores da SADC celebram jubileu da organização em Washington

GRUPO DE EMBAIXADORES da sadc acreditados nos EUA (Foto: Cedidas)

O grupo de embaixadores da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) acreditados nos Estados Unidos da América (EUA) celebraram sábado, em Washington, o seu vigésimo quinto aniversário, comemorado dia 17 de Agosto deste ano.

O evento de confraternização ocorreu na residência oficial da República de Angola nos EUA onde os embaixadores de países membros da SADC, com suas famílias e outros diplomatas convidados, interagiram, trocaram impressões e saborearam pratos típicos da culinária dos seus respectivos países.

Na ocasião, o embaixador de Angola nos EUA, Agostinho Tavares, enalteceu e agradeceu a presença no evento dos embaixadores do Botswana, República Democrática do Congo (RDC), Lesoto, Malawi, Madagáscar, Ilhas Maurícias, Moçambique, Namíbia, Seychelles, África do Sul, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe, membros da organização sub-regional de integração económica dos países da África Austral.

Faz ainda parte da SADC a União das Ilhas Comores, cuja missão diplomática nos EUA está sedeada em Nova Iorque.

Os diplomatas estrangeiros presentes no evento felicitaram o povo angolano pela realização das eleições gerais de 23 de Agosto, tendo elogiado a sua maturidade e civismo demonstrado durante o processo, que decorreu de forma pacífica.

Os embaixadores auguraram os melhores votos para o Presidente eleito, João Manuel Gonçalves Lourenço, desejando-lhe êxitos durante o seu mandato.

Nestes 25 anos da SADC, considera-se globalmente positiva a acção da organização sub-regional, nomeadamente nas áreas do desenvolvimento de infra-estruturas e na promoção de uma identidade regional, apesar de enfrentar no seu percurso significativas dificuldades.

Resultado da Conferência de Coordenação para o Desenvolvimento da África Austral, a organização sub-regionl apresenta-se com novos objectivos, orientados na perspectiva do processo de globalização em curso, caracterizado por uma dinâmica de constantes transformações a nível político e económico.

De entre as metas estratégicas da SADC, o seu programa enfatiza a reabilitação das infra-estruturas, a liberalização do comércio, a segurança alimentar, o desenvolvimento humano e social, paralelo ao seu crescimento.

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral foi criada a 17 de Agosto de 1992, em Windhoek, Namíbia. A SADC inicialmente foi chamada de Conferência de Coordenação para o Desenvolvimento da África Austral (SADCC), fundada em 1980 por apenas nove dos actuais 16 estados membros, nomeadamente, Angola, Botswana, Lesoto, Malawi, Moçambique, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe.

O inglês, francês e o português constituem as línguas oficiais da comunidade. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA