Dois capacetes azuis mortos no Mali em explosão de uma mina

(© Reuters)

A missão das Nações Unidas no Mali anunciou que morreram dois capacetes azuis e outros dois ficaram feridos com gravidade quando um comboio pisou uma mina na região de Kidal, no nordeste do país.

A missão precisou através de um comunicado, citado pela agência Associated Press, que os dois soldados das Nações Unidas foram retirados imediatamente depois de os veículos em que seguiam terem acionado os explosivos, a cerca de 15 quilómetros Aguelhok.

Fonte das Nações Unidas fez saber que um dos capacetes azuis mortos era de nacionalidade chadiana. A fonte falou sob condição de anonimato.

As Nações Unidas condenaram este ataque, assim como outros executados por extremistas islâmicos.

A missão de manutenção de paz no Mali é a mais mortífera entre as 16 missões das Nações Unidas espalhadas pelo mundo.

Atiradores não identificados atacaram no mês passado o quartel-general dos capacetes azuis em Timbuktu, matando pelo menos sete pessoas e feito um número não discriminado de feridos. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA