Cuanza norte: Cidadão atacado mortalmente por um elefante no Golungo Alto

Cuanza norte: Cidadão atacado mortalmente por um elefante no Golungo Alto (Foto: Angop)

Um cidadão de 59 anos, identificado por João Baptista foi morto por um elefante na última sexta-feira na localidade da Beira Alta, município do Golungo-Alto ( província do Cuanza Norte) no momento em se dirigia ao campo para actividade agrícola.

O facto foi revelado à imprensa hoje, sábado, pelo ancião Luciano Barros (pai do malogrado) esclarecendo que o infortúnio aconteceu quando o mesmo se dirigia à lavra onde foi surpreendido por um elefante e de seguida atacado mortalmente.

O ancião revelou que este constitui o segundo caso em que uma pessoa é atacada mortalmente por um elefante em menos de 30 dias naquela circunscrição em que os referidos animais circulam em manadas junto as zonas residenciais, instalando o pânico no seio da população.

Luciano Barros disse que a falta imposição de medidas por parte do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF) para o afastamento dos elefantes das zonas residenciais está a preocupar a população que, apar da devastação das zonas de cultivo, teme por ataques dos referidos mamíferos.

Recorde-se que o município do Golungo-Alto tem estado a registar nos últimos cinco anos, um grande movimento de elefantes que invadem com frequência a produção dos camponeses, instalando o pânico e um clima de fome no seio da população que tem a agricultura como principal fonte de subsistência, sobretudo das comunas de Cerca, Cambondo e Quiluanje. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA