Cuanza Norte: Camponeses necessitam de máquinas agrícolas para trabalhar

CUANZA NORTE: RESPONSÁVEL DA AGRICULTURA NO BOLONGONGO, ANTÓNIO TEQUE NZINGA (FOTO: DINIZ SIMÃO)

Os camponeses no município do Bolongongo, província do Cuanza Norte, organizados em associações, necessitam de tractores e outros instrumentos de lavoura, para melhorar o trabalho e aumentar a produção agrícola.

Os camponeses precisam de máquinas de lavoura, enxadas, catanas e sementes para dinamizar o trabalho do campo, disse em declarações à Angop, o responsável local da agricultura, António Teque Nzinga, a propósito dos preparativos da campanha agrícola 2017/2018.

“A falta de instrumentos, sobretudo os meios de mecanização, está a dificultar o trabalho dos camponeses,” disse.

Entretanto, segundo referiu, os dois únicos tractores que o município possui estão avariados desde 2015, uma situação que tem criado transtornos aos agricultores.

Situado 150 quilómetros a norte de Ndalatando, capital da província, o município do Bolongongo conta com duas mil e 887 famílias camponesas agrupadas em sete associações e 27 cooperativas agrícolas. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA