Consultora impugna concurso de 14 milhões do Banco de Portugal

(PUBLICO)

O concurso, com um valor de 14 milhões de euros, foi ganho pelo agrupamento que engloba as empresas Meo,, Altran, Claranet e Widesys.

A Capgemini Portugal, uma empresa de consultoria e informática, apresentou uma ação de impugnação contra o concurso de prestação de serviços, lançado pelo Banco de Portugal. O concurso, com um valor de 14 milhões de euros, foi ganho pelo agrupamento que engloba as empresas Meo, da Altice, Altran, Claranet e Widesys e, segundo a Capgemini, sofreu uma “falha processual” na apresentação do vencedor.

“Um dos candidatos não escolhidos, no caso a Capgemini, apresentou uma ação de contencioso pré-contratual tendente a impugnar a decisão de adjudicação, invocando uma falha processual na apresentação da proposta do candidato mais bem classificado”, afirmou ao ‘Diário de Notícias’ um porta-voz do Banco de Portugal, acrescentando que o regulador “está a analisar juridicamente o processo e atuará no quadro legal aplicável”.

O concurso aberto em Novembro pelo Banco de Portugal tinha como objectivo a “aquisição de serviços de operações e suporte, administração de sistemas e manutenção de aplicações”, pode ler-se no anúncio do banco publicado em Diário da República. O critério de adjudicação era a proposta economicamente mais vantajosa. (Jornal Económico)

DEIXE UMA RESPOSTA