Novo governo “emagrecido”. JLO apresenta a sua versão ao BP do MPLA

Tomada de posse do Executivo resultante das eleições de 2012 ( (Foto: Quintiliano dos Santos)

A composição do novo elenco governativo de Angola, que será chefiado por João Lourenço, o Presidente da República eleito no pleito de 23 de Agosto, foi pntem transmitida ao Bureau Político (BP) do MPLA, informou o órgão máximo do partido no poder.

Reunido sob orientação do presidente do MPLA e Chefe de Estado cessante, José Eduardo dos Santos, o BP do MPLA tomou hoje conhecimento “dos departamentos ministeriais que vão compor os órgãos auxiliares do Presidente da República”, indica o órgão através de uma nota, à qual o Novo Jornal Online teve acesso.

Para além da composição do elenco governativo que será chefiado por João Lourenço, o Bureau Político apreciou a proposta de composição da mesa da Assembleia Nacional, da presidência do Grupo Parlamentar do MPLA, e da nomenclatura das comissões de trabalho permanentes.

A reunião ordinária do órgão máximo do partido no poder serviu ainda para apreciar o calendário de investidura do Presidente da República, do vice-Presidente da República, dos deputados à Assembleia Nacional e do Governo, conforme decorre das eleições gerais de 23 de Agosto, vencidas pelo MPLA com 61% dos votos.

Na mesma mensagem, o BP dos “Camaradas” reafirma que o novo Executivo, a ser constituído pelo MPLA, “vai governar para e com todos os angolanos e que o Presidente eleito, camarada João Manuel Gonçalves Lourenço, será o Presidente de todos os angolanos, promovendo uma gestão inclusiva e baseada nos princípios da boa governação”.

Os planos prevêem a formação de um Governo “substancialmente reduzido”, conforme avançou o Novo Jornal, com base em fonte próxima de João Lourenço.

“Uma equipa de governação competente e séria, com base no princípio do homem certo no lugar certo”, é a aposta de João Lourenço para garantir a eficácia da sua governação com um Executivo mais pequeno, assegurou essa fonte.

Este compromisso foi igualmente assumido pelo candidato do MPLA numa mensagem aos eleitores, divulgada no último dia da campanha eleitoral, no tempo de antena do partido no poder na Rádio Nacional de Angola.

De recordar que a reforma do Estado, a boa governação e o combate à corrupção são chaves mestras do programa eleitoral do MPLA.

Por outro lado, João Lourenço propôs, durante a campanha eleitoral, um “Pacto Nacional contra a Corrupção”, envolvendo toda a sociedade, para enfrentar esse fenómeno. (Novo Jornal Onnline)

DEIXE UMA RESPOSTA