CNE confirma vitória com maioria qualificada do MPLA e a eleição de João Lourenço para PR

A PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JOÃO LOURENÇO (FOTO: PEDRO PARENTE)

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) divulgou hoje os resultados definitivos das eleições gerais de 23 de Agosto confirmando a vitória folgada do MPLA e do seu candidato a Presidente da República, João Lourenço, com 61,07%, o equivalente a 4 164 157 votos, elegendo 150 deputados, o q8ue lhe confere uma maioria qualificada na Assembleia Nacional.

A UNITA e o seu candidato à Presidência da República, Isaías Samakuva, f em segundo lugar com 26, 67 por cento, o que corresponde a 51 deputados.

Em terceiro ficou a CASA-CE, que propunha Abel Chivukuvuku para a chefia do Estado, com 9, 44 por cento, e 16 deputados.

Segue-se o PRS, com 1, 35 por cento, com dois deputados eleitos, a FNLA com 0, 83 e um deputado eleito.

A APN não elegeu qualquer deputado, tendo conseguido apenas 0, 51 por cento.

Como se esperava, a CNE cumpriu o calendário eleitoral que estipulava o dia de hoje como data limite para a divulgação dos resultados eleitorais definitivos.

Os partidos da oposição, recorde-se, consideram já o processo eleitoral como “ilegal e inconstitucional”, o que lhes valeu fortes críticas do presidente da CNE, André da Silva Neto, que hoje, durante a divulgação dos resultados definitivos, as reafirmou, sublinhando que, sem identificar, os responsáveis pelas forças políticas da oposição proferiram “afirmações torpes” que visavam criar desestabilização no país.

O presidente da CNE deixou ainda um repetido apelo à serenidade após a divulgação dos resultados, felicitando o MPLA e João Lourenço, apelando aos derrotados que saibam aceitar a derrota com dignidade. (Novo Jornal Online)

Em actualização…

DEIXE UMA RESPOSTA