Cabo Verde : PAICV envolvido em fraudes eleitorais

Janira Hopffer Almada, líder do PAICV. (RFI/Neidy Ribeiro)

O PAICV, maior partido da oposição em Cabo Verde, e que governou o arquipélago de 2001 a 2016, está envolvido num esquema fraudulento de financiamento de campanhas eleitorais, de acordo com uma reportagem da revista portuguesa Visão, que abrange outros partidos em Portugal e nos países africanos de língua portuguesa.

Esta Terça-feira, abordada pelos jornalistas, na cidade da Praia, a presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada, demarcou-se da reportagem e afirmou que todas as contas do partido relacionadas com as campanhas eleitorais já foram apresentadas e julgadas.

Na sua penúltima edição, a revista portuguesa Visão diz ter descoberto um mega-esquema de financiamento eleitoral do PSD de Portugal através da agência de comunicação Webrand, e que também tem como clientes, o PAICV e a candidatura presidencial de Manuel Inocêncio, em 2011.

A revista escreve que investigou durante três anos a empresa de publicidade e o seu envolvimento com partidos políticos e tráfico de influência, e descobriu um esquema de financiamento de campanhas eleitorais e dos concursos públicos viciados, com recurso a tráfico de influências políticas, empresas de fachada, negócios simulados e facturação falsa, entre outras ilegalidades. Entre milhares de documentos, o PAICV surge como um dos clientes. (RFI)

DEIXE UMA RESPOSTA