Bié: Adulto mata menor no município do Catabola

Meliantes detidos pela polícia. (Foto: Pedro Parente)

Um cidadão de 45 anos de idade matou esta semana, na sede do município de Catabola (Bié), uma menina de 10 anos de idade, por alegadamente a mãe da vítima ter-lhe recusado o pedido de namoro.

A informação foi prestada hoje (sexta-feira) à Angop, pelo porta-voz do comando provincial da Polícia Nacional, o superintendente-chefe António Hossi, disse tratar-se pequena que em vida respondia com o nome, Isabel Eyala, salientando que o cenário ocorreu quando o suposto assassino pediu namoro a Laurinda Vissony (mãe da vítima), tendo recuado.

Prosseguiu que, momento depois, João Livamba Sawimbo (suposto criminoso), aproveitou que a vítima saia de casa para urinar num perímetro de 20 metros, surpreendeu-a e enrolhou o pescoço da malograda, causando fracturas originando a morte, minutos depois.

De acordo o oficial superior, o infractor já se encontra detido e posteriormente será encaminhado ao ministério público para responder criminalmente. Recordou ainda que, durante a última semana, o comando provincial da Policia Nacional, registou 40 crimes de natureza diversas, que corresponde a uma produção de 5.7 caso por dia.

Dos crimes verificados destaca-se as de contra a ordem e tranquilidade pública, uso e posse de estupefacientes, posse ilegal de armas de fogo e de engenhos explosivos, homicídios voluntários simples, homicídios com culpas graves, entre outros.

São causas da criminalidade, disse, o uso excessivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, divergências nos lares, ganância ao lucro fácil, o desemprego fome e miséria crescente, com maior incidência nas classes menos favorecidas, falta de iluminação pública nos principais centros suburbanos, a inobservância às regras de trânsito.

Informou ainda que, a polícia intensificou as operações de patrulhas e o trabalho de polícia de proximidade ao cidadão, visando desencorajar os possíveis transgressores. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA