Auditoria às dívidas de Moçambique recomenda abertura de processo na Suíça – ONG

Banco Central de Moçambique (DR)

O relatório completo da auditoria às dívidas ocultas de Moçambique recomenda que a Procuradoria-Geral da República (PGR) inicie um processo na Suíça para ter acesso a documentação até agora mantida em segredo, revelou hoje uma organização não-governamental.

O documento, elaborado pelo Centro de Integridade Pública (CIP), recomenda também que a PGR solicite intervenção das autoridades do Reino Unido para averiguar a atuação do banco Crédit Suisse (por ter sido contratado através de uma agência britânica).

A organização não-governamental moçambicana anunciou hoje ter tido acesso ao relatório completo da auditoria e aponta estas recomendações como dois dos principais detalhes que acrescem ao sumário executivo divulgado pela PGR a 24 de junho. (Observador)

por Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA