90 migrantes ilegais na Líbia regressam ao Burkina Faso

(24 jul) Migrantes socorridos pela guarda costeira líbia e levados para uma base naval de Trípoli (afp_tickers)

No total, 99 migrantes do Burkina Faso vão ser repatriados voluntariamente da Líbia esta terça-feira, sob a coordenação da Organização Internacional para as Migrações (OIM), anunciou a Agência de Imigração Ilegal em Trípoli.

Numa declaração na sua página Facebook, a Agência de Luta contra a Imigração Clandestina em Tripoli indicou que os migrantes serão transferidos da sede da instituição para o aeroporto de Maitiga, em Tripoli, antes de serem transportados de voo para o Burkina Faso.

Cerca de 97 mil e 400 migrantes deixaram seus países para a Itália, via Líbia, desde o início do ano de 2017, dos quais dois mil 444 morreram durante a travessia do Mar Mediterrâneo, indica-se.

Os anos de conflito na Líbia, desde agosto de 2011, destruíram a economia e criaram um vazio de segurança, tornando o país incapaz de fazer face à crise, e, consequentemente, levando centenas de milhares de emigrantes ilegais a rumar para a Itália. (Panapress)

DEIXE UMA RESPOSTA