70 mil portugueses na rota do furacão Irma

70 mil portugueses na rota do furacão Irma (DR)

Furacão dirige-se a Cuba e Flórida, EUA. As autoridades já retiraram centenas de portugueses das estâncias turísticas.

O furacão Irma, com categoria 5 – a mais alta na escala Saffir-Simpson- e ventos de 300 quilómetros por hora, dirige-se hoje a Cuba e Flórida, EUA. Na sua rota estão cerca de 70 mil portugueses, noticia o CM.

Cuba é o país mais preocupante, tendo sido afetados cerca de 100 portugueses na evacuação de Cayo Coco, depois da ativação do alarme. Além desses, as autoridades ontem já retiraram centenas de portugueses de hotéis de Varadero, Havana e também nos Estados Unidos, em Miami.

Em relação aos turistas que se encontravam em Punta Cana, na República Dominicana, o secretário de Estado das Comunidades afirma ao CM que não há registo de feridos.

Há pelo menos nove vítimas mortais desta catástrofe natural nas ilhas Caraíbas.

Depois de Cuba, o problema é a Flórida. Neste estado norte-americano encontram-se inscritos na rede consular dos territórios 70 mil portugueses, não estando aqui contabilizados os turistas que viajam na sua maioria para Miami.

Milhares de pessoas começaram a ser retiradas de Miami Beach ontem, depois da Agência Federal de Situações de Emergência do país ter referido que a Florida iria ser atingida de forma muito “destrutiva”. (Jornal Económico)

DEIXE UMA RESPOSTA