56 cidadãos chineses detidos no Namibe, em operação que envolveu serviços secretos

(DR)

As autoridades angolanas detiveram, na Baía do Namibe, 56 cidadãos de nacionalidade chinesa que tentavam entrar ilegalmente no país, informou a Polícia Nacional (PN), no balanço de uma operação que contou com a intervenção do Serviço de Inteligência e Segurança de Estado.

De acordo com a PN, os cidadãos detidos seguiam em quatro embarcações (na foto), quando foram interceptados pelas forças angolanas.

A operação permitiu ainda apreender “um milhão de kwanzas e embrulhos de papel branco, que continham gramas de estupefaciente, vulgo liamba”, informa a Polícia Nacional através da sua página oficial no Facebook.

Na mesma nota, a PN indica que a detenção envolveu efectivos da Polícia de Guarda Fronteiras, da Polícia Fiscal, dos Serviços de Migração e Estrangeiros, do Serviço de Inteligência e Segurança de Estado, do Serviço de Investigação Criminal e da Administração Geral Tributária. (Novo Jornal)

DEIXE UMA RESPOSTA