Trump apoia projecto-lei que limita entrada de imigrantes com pouca formação

Criança segura um cartaz no Aeroporto Internacional de São Francisco, contra o decreto do presidente (DR)

O presidente americano, Donald Trump, deu publicamente o seu apoio nesta quarta-feira a um projeto de lei redigido por dois senadores conservadores que restringe o acesso de imigrantes que não falem inglês ou tenham pouca formação.

De acordo com os autores do projeto-lei, o novo critério -que adopta o sistema de pontos para obter uma permissão de trabalho nos Estados Unidos- permitirá reduzir aproximadamente um milhão para 50.000 os imigrantes autorizados a entrar no país.

Durante uma cerimónia na Casa Branca, Trump assegurou que o projecto, feito pelos senadores Tom Cotton e David Perdue, representa “a mais significativa reforma no sistema migratório em meio século”.

Para o presidente, o sistema de mérito proposto favorecerá as pessoas que falem inglês, e para que possam manter-se financeiramente e demonstrem habilidades que contribuam com a economia americana.
Por isso, assegurou, o novo sistema “reduzirá a pobreza, aumentará os salários e economizará bilhões de dólares dos contribuintes”. (AFP)

DEIXE UMA RESPOSTA