Rui Falcão “caça” votos nos mercados informais de Benguela

Primeiro secretário provincial do MPLA, Rui Falcão (Foto: Pedro Parente)

Depois de ter percorrido os municípios do interior, Rui Falcão – que encabeçou uma delegação composta por dirigentes do partido candidatos a deputados e militantes trabalhou nos mercados informais na zona F do município de Benguela, com objectivo de persuadir os cidadãos a votarem no seu partido no dia 23 de Agosto.

No âmbito da campanha eleitoral tendo em vista o escrutínio de 23 Agosto, o secretário do Comité Provincial do MPLA, Rui Falcão, trabalhou Quarta-feira, 2, na zona F do município sede, nos mercados informais dos bairros Kalomburaco, Graça e Quilómetro 27, explicando a posição do partido e do seu candidato a Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, no boletim de voto.

À sua chegada à zona F, foi recebido por militantes, amigos e simpatizantes eufóricos, a quem distribuiu afectos e, ao mesmo tempo, prometeu, caso o partido seja eleito, melhorar significativamente as condições de vida da população, pondo à disposição mais infra-estruturas sociais. Elucidou que votar no seu partido é, seguramente, garantir a continuidade de importantes projectos gizados e executados por este que sublinha ser o único com obras para mostrar à sociedade, razão pela qual insiste que os cidadãos eleitores não errem no dia de voto.

“Têm de ver o 4, a bandeira do MPLA e aqui tem o quadrado. Esse “X” não vai estar lá, vai estar tudo branco, como está aqui. Então tu é que vais pôr -ou com o teu dedo na tinta ou não- o X, marcando no quadrado próximo da cara do nosso candidato”, explicou, exibindo um boletim de voto simulado. (O País)

DEIXE UMA RESPOSTA