Ler Agora:
Rejeição da denúncia é uma ‘conquista do estado democrático’, diz Temer
Artigo completo 2 minutos de leitura

Rejeição da denúncia é uma ‘conquista do estado democrático’, diz Temer

Presidente fez pronunciamento no Palácio do Planalto logo após Câmara rejeitar denúncia da PGR por corrupção passiva. Para Temer, ‘erra’ quem quer ‘dividir’ os brasileiros.

presidente Michel Temer afirmou nesta quarta-feira (2), em pronunciamento no Palácio do Planalto, que a rejeição da denúncia pela Câmara dos Deputados é uma “conquista do estado democrático”.

Temer convocou a imprensa para um pronunciamento logo após a Câmara rejeitar a denúncia da Procuradoria Geral da República por 263 votos a 227 (houve duas abstenções e 19 ausências).

“Quero fazer um breve pronunciamento no dia em que a Câmara dos Deputados, que representa o povo brasileiro, manifestou-se de forma clara e incontestável. A decisão soberana do parlamento não é uma vitória pessoal de quem quer que seja, mas é uma conquista do estado democrático, da força das instituições e da própria Constituição”, afirmou o presidente.

Em seguida, Temer afirmou querer construir um Brasil “melhor, pacificado, justo, sem ódio ou rancor”. Na avaliação do presidente, “erram” aqueles que, segundo ele, querem “dividir” os brasileiros.
“Nosso destino é ser um grande país. É preciso acabar com os muros que nos separam”, acrescentou.

A denúncia da PGR
Temer foi denunciado pela Procuradoria Geral da República ao Supremo Tribunal Federal pelo crime de corrupção passiva, com base nas delações de executivos da J&F, grupo que controla a JBS. (G1)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »