RDC: Manifestantes entraram em confronto com a polícia

Protestos em Kinshasa, a 19 de setembro, para pedir a saída de Joseph Kabila da Presidência da RDC (Afp)

Pelo menos 11 pessoas ficaram feridas depois que as forças de segurança interromperam um protesto na segunda-feira, que visava pressionar reformas eleitorais na RDC .

O protesto foi organizado em Bukavu, no sul do Kivu, e tornou-se violento quando a polícia entrou em confronto com os manifestantes, e deu-se a detenção de jornalistas.

Apesar dos confrontos, os organizadores da marcha de protesto disseram que estavam felizes com a participação maciça estimada em cerca de 7000.

Eles prometem continuar com o movimento até que a comissão eleitoral independente realiza o seu chamado.

“A comissão eleitoral independente é encarregada de organizar as eleições e tem que dar detalhes sobre a evolução da eleição. Agora, enquanto falamos, não sabemos para onde estamos indo “, disse Bashombe, presidente do grupo da Sociedade Civil do Sul do Kivu.

DEIXE UMA RESPOSTA