Presidente da República recebe hoje familiares das vítimas de Pedrógão

Marcelo Rebelo de Sousa (DR)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebe hoje à tarde uma comitiva de familiares das vítimas do incêndio que deflagrou em junho em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria

Depois da última reunião dos familiares das vítimas, “o Presidente da República não esperou”, disse à agência Lusa Nádia Piazza, uma das promotoras da futura Associação de Familiares das Vítimas de Pedrógão Grande.

“Contactou-nos e agendou” a audiência, que se realiza hoje, às 15:00, disse.

“Não esperava outra coisa do senhor Presidente da República. Tem-se comportado, desde a primeira hora, como um verdadeiro chefe de Estado. Tem dado a cara a todo o momento, tem estado no terreno e conversa com as pessoas”, sublinhou.

No Palácio de Belém, a comitiva de seis pessoas vai abordar diversas questões, como “a assunção de responsabilidades” por parte das entidades públicas, a “preocupação sobretudo com os jovens e as crianças” afetados e a necessidade de se criar uma proposta legislativa para garantir uma maior proteção dos familiares de vítimas de catástrofes, explicou Nádia Piazza.

Segundo a promotora da futura associação, os familiares pretendem que se desenvolva um mecanismo para que, face a uma catástrofe, seja criada automaticamente uma associação que represente as vítimas, como acontece em França.

As expectativas para a reunião “são altas”, sublinhou.

O incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande no dia 17 de junho, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos, e só foi dado como extinto uma semana depois.

Mais de dois mil operacionais estiveram envolvidos no combate às chamas, que consumiram 53 mil hectares de floresta, o equivalente a cerca de 75 mil campos de futebol.

O fogo chegou ainda aos distritos de Castelo Branco, através da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra e Penela. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA