Ler Agora:
Opositor venezuelano Antonio Ledezma de novo em prisão domiciliária
Artigo completo 2 minutos de leitura

Opositor venezuelano Antonio Ledezma de novo em prisão domiciliária

O líder da oposição venezuelana Antonio Ledezma, que na terça-feira tinha sido levado para uma prisão militar enquanto estava em prisão domiciliária, regressou esta madrugada a casa, anunciou a mulher no Twitter.

A prisão domiciliária de Antonio Ledezma e de Leopoldo López, dirigentes da oposição venezuelana, tinha sido revogada pelo Supremo Tribunal de Justiça que alegou perigo de fuga.

Os dois líderes foram retirados de casa na madrugada de terça-feira e levados para uma prisão militar.

O STJ tinha afirmado ter recebido “por fontes de inteligência oficial (serviços secretos), informações que dava conta de um plano de fuga desses cidadãos, pelo que, e com a urgência do caso, se ativaram os procedimentos correspondentes”.

“De destacar que as condições impostas a (Leopoldo) López não permitiam realizar nenhum tipo de campanha política, devido à sentença que pesa contra sim”, salienta o STJ.

No caso de Antonio Ledezma, foi-lhe imposta a obrigação de se abster de emitir declarações, sob pena de revogação da pena atribuída, recorda o STJ.

Leopoldo López e Antonio Ladezma foram novamente colocados na prisão militar de Ramo Verde, nos arredores de Caracas, de onde tinham saído recentemente para cumprir as penas em prisão domiciliária.

Ladezma foi detido em fevereiro de 2015, depois de ter sido acusado de conspiração.

Após dois meses na prisão militar de Ramo Verde foi-lhe atribuída “uma medida cautelar que substitui a liberdade” e, por motivos de saúde, foi-lhe atribuído o regime de prisão domiciliária.

Ladezma ainda não foi condenado, quase dois anos e meio depois da detenção.
López esteve na mesma prisão militar durante três anos, onde foi torturado várias vezes, segundo denunciaram os advogados do membro da oposição. (Sic Notícias)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »