Oposição mobiliza 1 milhão de assinaturas para exigir destituição do Presidente sul-africano

Jacob Zuma, Presidente da África do Su (Afp)

O líder do partido da oposição oficial da Aliança Democrática (DA), Mmusi Maimane, entregou Quarta-feira uma petição assinada por mais de um milhão de sul-africanos a exigir a destituição do Presidente da República, Jacob Zuma.

A petição foi entregue ao vice- presidente da República, Cyril Ramaphosa, no seu gabinete da cidade do Cabo e nele se requer que os deputados apoiem a moção de desconfiança proposta a 8 de Julho último contra o Presidente Zuma.

Falando à imprensa, Maimane referiu que o vice-presidente tem “a oportunidade de agir. Se a mensagem nunca foi tão clara e forte, eis um milhão de pessoas que dizem “basta”. Dizemos a Cyril Ramaphosa para fazer o que for preciso para os deputados votarem a moção de desconfiança para a mudança”. Mmusi Maimane frisou que Zuma sobreviveu a sete moções de desconfiança votadas contra a si e que Ramaphosa e os seus colegas “escolheram apoiar um presidente corrupto contra o povo sul-africano”.

“Esta oitava moção pode ser a última possibilidade que vocês terão para demonstrar as vossas capacidades. Se ela fracassar, vocês vão cair com o ANC (Congresso Nacional Africano). A bola está agora do vosso lado. Deixem-se orientar pela vossa consciência e saibam que o povo não esquecerá a vossa decisão”, alertou. (O País)

DEIXE UMA RESPOSTA