Mais de seis milhões de eleitores participam nas presidenciais do Ruanda

Presidente Paul Kagame, que concorre a terceiro mandato, cumprimenta os apoiantes (DR)

As assembleias de voto no Ruanda registam longas filas de eleitores desde as 07:00 (hora local), mas, em muitos locais de voto as pessoas já esperavam a abertura das urnas desde as primeiras horas da madrugada.

Paul Kagame, actual presidente é apontado como o candidato favorito sendo que espera conseguir um apoio superior a 90 por cento.

A polícia montou um forte dispositivo de segurança na capital do Ruanda e os estabelecimentos comerciais encontram-se encerrados, apesar de não se antecipar qualquer situação irregular.

De acordo com os dados da Comissão Eleitoral, 6,8 milhões de cidadãos vão exercer o direito de voto, mais de um milhão de votantes em relação às eleições de 2010, ano em que Kagame venceu as presidenciais com 93 por cento dos votos.

Os outros candidatos são Frank Habineza, líder do Partido Verde Democrático do Ruanda (DGPR) e o independente Phillippe Mpayimana.

É possível que os primeiros resultados comecem a ser divulgados hoje à noite.

Os mais de 44 mil ruandeses residentes no estrangeiro já exerceram o direito de voto, na quinta-feira. (Africanews)

DEIXE UMA RESPOSTA