Jovens felizes pela conquista do primeiro emprego na obra da barragem de Caculo Cabaça

CUANZA NORTE: JOVENS FELIZES PELA CONQUISTA DO PRIMEIRO EMPREGO NO PROJECTO CACULO CABAÇA (FOTO: FRANCISCO MIUDO)

Os jovens que conseguiram o primeiro emprego nas obras de construção do novo complexo hidroeléctrico de Caculo Cabaça, no município de Cambambe, Cuanza Norte, manifestam-se felizes por poderem participar de um projecto gigantesco que vai alavancar o desenvolvimento da economia nacional.

O empreendimento hidroeléctrico cujo lançamento da primeira pedra ocorreu na última sexta-feira, em acto orientado pelo presidente da República, José Eduardo dos Santos, manifestaram-se dispostos em dar o seu contributo naquela que será a maior barragem de Angola.

Em declações à Angop, Joaquim Pedro Francisco, operador de máquinas, disse ser o seu primeiro emprego, pelo que, está disposto a colocar todo seu saber em prol do empreendimento. Gaspar António Ilungo, de 38 anos de idade, ajudante de electricista sente-se igualmente feliz por ter ganho emprego nessa obra, depois de muitas tentativas feitas em outras empresas de construção.

Por seu turno, o director provincial da juventude e desportos do Cuanza Norte, Ilson António disse que o empreendimento vai ajudar a resolver um dos maiores problemas que afecta a juventude local, que é o acesso ao emprego para a garantia do sustento próprio, das suas famílias e para contribuírem no processo de desenvolvimento da nação.

Dados do projecto, indicam que Caculo Cabaça vai criar oito mil e 200 novos postos de trabalho, dos quais, seis mil e 900 para nacionais.

Após a conclusão das obras que deverão durar cinco anos, e custar ao estado 4,5 mil milhões de dólares, no quadro de um financiamento da linha de crédito da China, o complexo hidroeléctrico de Caculo Cabaça passará a ser o maior de Angola, com uma capacidade de geração de 2.172 megawatts, superando a barragem de Laúca que vai produzir 2.070 megawatts. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA