Isaías Samakuva apresenta o “GIP” na Lunda Norte

Mulheres angolanas filiadas ao partido UNITA (Foto: Leonardo Castro)

Depois de ter ontem estado no município do Cuango, o candidato da UNITA a Presidente da República orienta hoje um acto político de massas na cidade do Dundo, no prosseguimento da sua campanha na província da Lunda-Norte.

Durante o acto, a ter lugar na Rotunda do Obelisco, Isaías Samakuva deve aproveitar a ocasião para transmitir as acções que visam a promoção daquilo a que a UNITA considera ser um Governo Inclusivo e Participativo (GIP) e o Programa Integrado de Emergência Nacional, caso vença as eleições do dia 23 deste mês.

O maior partido da oposição assegura que o Programa de Emergência Nacional vai constar das suas prioridades em termos de execução de políticas viradas para a melhoria das condições de vida das populações.

Antes do acto político de hoje, Samakuva desloca-se ao bispado, onde efectua uma visita de cortesia ao bispo católico da Diocese do Dundo, Dom Estanislau Marques Chindecasse. Depois do acto, mantém contacto directo com o eleitorado no mercado municipal do Lucapa.

Ontem, o também presidente da UNITA trabalhou no município do Cuando, tendo, inicialmente, visitado a escola politécnica e, no período da tarde, presidido a um acto político na localidade de Cafunfu, a cerca de 50 quilómetros da sede municipal. Na ocasião, o candidato da UNITA apresentou o manifesto eleitoral do partido e pronunciou-se sobre as principais linhas do mesmo.

Ainda ontem, Isaías Samakuva visitou o mercado municipal do Cuango, onde manteve contacto com os vendedores. Pelo que viu e ouviu, Mendes Kikongo, secretário provincial da comunicação e marketing da UNITA, acredita que o seu partido vai vencer as eleições em Kafunfu, afirmando, ao Jornal de Angola, que aquela localidade constitui bastião daquela formação política. (Jornal de Angola)

DEIXE UMA RESPOSTA