Inaugurado Novo edifício da embaixada de Angola no Botswana

Georges Chicoti, Ministro das Relações Exteriores (Foto: Francisco Miúdo)

O ministro das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chicoti, considerou neste domingo, em Gaberone (Botswana), que o novo edifício da embaixada de Angola representa um instrumento que permitirá ao Estado angolano resolver muitos dos aspectos técnicos e administrativos de muitos cidadãos.

Georges Chicoti teceu tal consideração no acto de inauguração do novo edifício da Embaixada de Angola no Botswana, erguido de raiz, e que ocupa um espaço de 30 por 40 metros

O corte da fita e o descerrar do busto e da placa foi efectuado pelo embaixador de Angola no Botswana, José Agostinho Neto, que considera ficar gravado na história da diplomacia angolana, um marco que visa o fortalecimento das relações de amizade e de cooperação entre Angola e Botswana.

Localizado na zona nobre da cidade de Gaberone, o edifício tem dois pisos com as áreas Administrativa, Consular e alberga também a Chancelaria de Defesa e uma cave para o estacionamento de aproximadamente 30 viaturas.

Baptizado com o nome “Dr. António Agostinho Neto”, o imóvel é uma recente aquisição do Estado angolano e comporta ainda vários gabinetes que compõem os sectores Político, Económico, Imprensa e Cultura, Telecomunicações, Protocolo, Biblioteca e duas salas de reuniões.

As relações político-diplomáticas entre Angola e o Botswana datam desde 1976, altura em este país africano reconheceu Angola como país soberano e independente.

Logo após este acto, Angola e o Botswana passaram a combinar esforços através da participação activa de ambos no grupo dos então países da Linha da Frente, juntamente com Moçambique, Tanzânia e a Zâmbia.

Ambos são membros da União Africana (UA) e da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), cuja sede está instalada na capital Tswanesa, Gaberone. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA