Futebol: Petro vence Libolo e encurta distância ao líder

Girabola Zap: Momentos do jogo, Petro x Libolo (Foto: Rosário dos Santos)

O Petro de Luanda venceu hoje (domingo), o Recreativo do Libolo, por 1-0, e encurtou para três pontos a distância que o separa do líder 1º de Agosto, em jogo de acerto de calendário referente à 17ª jornada do Girabola/2017.

Os petrolíferos sem o capitão Job, afastado por ter visto o cartão vermelho no jogo contra o Kabuscorp, entraram inspirados a protagonizarem sucessivos contra-ataques com algum perigo a baliza adversária.

Passados oito minutos da partida, Diogenes no seu momento de explosão rematou forte na entrada da grande área para a defesa apertada do guarda-redes Landu.

Após o lance que daria o golo dos petrolíferos, a equipa do eixo-viário duplicou o fulgor, obtendo mais posse e circulando a bola no rectângulo do jogo, diante de um Libolo que procurava acertar o seu esquema defensivo de formas a quebrar o ímpeto do adversário.

Aos 38 minutos Tiago Azulão quase alterava o placar após um cruzamento do seu compatriota Tony no corredor direito, que cabeceou a escassos metros da baliza defendida por Landu.

A três minutos do intervalo, Diney livre de marcação cabeceou para o travessão superior do adversário, na sequência de um cruzamento tenso tirado por Mira.

Apesar das várias tentativas de chegar ao golo, entre ambas equipas, o resultado nulo prevaleceu ao intervalo.

No reatar da partida foi o conjunto petrolífero que tomou as regras do jogo, num ambiente em que era visível apatia do adversário nas abordagens dos lances.

Foram precisos 53 minutos para o Petro inaugurar o placar por intermédio de Tiago Azulão, que após um remate acrobático do defesa Wilson ao travessão o avançado brasileiro na recarga introduziu a bola a baliza libolense.

Após o golo sofrido, a equipa do Cuanza Sul baixou as suas linhas defensivas, permitindo que o conjunto do eixo-viário chegasse ao seu meio campo de forma pacífica.

Aos 78 minutos Tiago Azulão volta a evidenciar-se numa jogada de contra-ataque, o mesmo proferiu um remate cruzado para a defesa apertada de Landu.

Daí, o Petro procurou gerir o tempo optando na circulação constante de bola sem perder o foco das movimentações da equipa adversária.

Com este resultado, o Petro soma 44 pontos, menos três que o líder 1º de Agosto (47), enquanto o Recreativo do Libolo mantém-se na quinta posição com 34. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA