‘Frio e assustador’, diz delegado sobre suspeito de matar menina de 6 anos

Alexandre foi indiciado por ter estuprado e agredido a vítima (Foto: Divulgação)

“Um cara frio e assustador”. É dessa forma que o delegado Daniel Rosa, da Divisão de Homicídios (DH), classificou Alexandre da Silva Alves, o Maluquinho, de 43 anos, suspeito de matar a menina Agatha Nicole Silva Victorino, de apenas 6 anos. A menina foi levada por ele na quinta e teve o corpo encontrado na madrugada de sexta. De acordo com as investigações, Alexandre, após violentar a criança, colocou Agatha, ainda viva, dentro de uma mala de viagem e a jogou num córrego no Engenho Novo, Zona Norte do Rio.

— Ele causou perplexidade inclusive em policiais que trabalham há anos nesse tipo de investigação, de homicídio. Ele relatou, no depoimento, sem mostrar arrependimento nenhum, que a levou para a casa dele (na Rua 24 de Maio, a mesma em que morava Ágatha), estrangulou a menina, manteve relação sexual com ela e fez uma cova na cozinha da casa — conta o delegado, revelendo que também ficou assustado com a frieza do homem.

Segundo Rosa, o suspeito ficou preocupado e desistiu de enterrar a menina na residência por medo de uma possível represália de parentes, que sentiriam o cheiro do corpo em decomposição. (Banda B)

DEIXE UMA RESPOSTA