FBI faz buscas em casa do ex-director de campanha de Trump

FBI revista casa de ex-assessor de campanha em busca de provas de conexão com a Rússia (Sputnik)

O FBI conduziu um mandado de busca e apreensão na casa do ex-presidente de campanha de Donald Trump, Paul Manafort, à procura de evidências para a suposta interferência russa nas eleições de 2016.

“Os agentes do FBI executaram um mandado de busca numa das residências do Sr. Manafort. O Sr. Manafort cooperou consistentemente com a aplicação da lei e outros inquéritos sérios e fez isso também nessa ocasião”.

O líder da campanha não foi avisado sobre a busca, que ocorreu antes do nascer do sol a 26 de julho, um dia depois de Manafort voluntariamente prestar depoimento ao Comité de Inteligência do Senado dos EUA sobre o assunto.

Sob coordenação de Robert Mueller, os agentes deixaram a casa com uma série de registos que chegam a uma ampla investigação sobre o possível conluio entre a campanha do agora presidente americano e autoridades russas, de acordo com o jornal The Washington Post.

O Comité Judiciário do Senado recebeu mais de 20 mil páginas da campanha de Trump no último dia 2 de Agosto. Só Manafort produziu cerca de 400 páginas, incluindo documentação de advocacia representando a Ucrânia. Os membros do Comité requisitaram todas as informações relativas a reuniões realizadas em junho de 2016 com advogados russos, bem como quaisquer comunicações e registros de tentativas de obter informações sobre Hillary Clinton com nacionais da Rússia durante a campanha presidencial. (Sputniik)

DEIXE UMA RESPOSTA