Eleições/2017: UNITA promete educação gratuita e obrigatória

Isaías Samakuva, líder da UNITA (DW)

A UNITA, maior partido na oposição em Angola, promete implementar um sistema de educação gratuito e obrigatório, caso vença as eleições gerais de 23 de Agosto.

Trata-se de um sistema de educação sem custos para os alunos e é parte do Programa de Governo da UNITA para o período 2017/2030.

O referido programa traça como prioridade a reforma do sistema de ensino, com o objectivo de conferir qualidade a esse segmento.

“A educação será gratuita e obrigatória da iniciação à 13.ª classe”, informou o coordenador da campanha da UNITA no município de Viana, António Kutianguia, quando falava hoje, quarta-feira, à Angop.

No quadro da reforma que pretendem, os “maninhos” prometem prestar maior atenção à remuneração dos professores.

António Kutianguia coordenou, nesta quarta-feira, uma campanha do seu partido, que visou mercados do município de Viana.

Nos contactos directos com os eleitores nos referidos mercados, a UNITA apresentou as principais linhas do seu programa de governo, denominado “Angola 2030”.

Com dois milhões, 882 mil e 632 eleitores, Luanda é a maior praça eleitoral do país.

Para o pleito eleitoral de 23 de Agosto, a UNITA concorre com o MPLA, CASA-CE, PRS, FNLA e APN. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA