Eleições/2017: Educação e saúde têm importância “extrema” para CASA-CE

MOXICO: MILITANTES DA CASA-CE (FOTO: KYNDA KYUNGU)

A melhoria dos sectores da saúde e educação constitui prioridade absoluta no Programa de Governação da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE) para 2017/2022.

Falando à Angop, no final de uma actividade de “caça” ao voto porta-a-porta, o secretário-adjunto provincial para a defesa de voto da coligação, Salomão Luchaze, disse que a elevação da qualidade dos referidos sectores é de “extrema” importância, por se tratar de indicadores de desenvolvimento humano.

Apontou como outras prioridades o aumento da oferta da habitação, o fomento da agricultura e a robustez da economia.

Quanto à actividade de “caça” ao voto, realizada na cidade do Luena e nos bairros periféricos de Mandembwé, Kapango e Zorró, considerou-a “satisfatória”, a julgar pela sensibilidade e grau de aceitação das mensagens.

Salomão Luchaze afirmou que se conseguiu divulgar a imagem do candidato a Presidente da República, Abel Chivukuvuku, assim como os 20 compromissos e as 10 razões para governar Angola.

Fundada a 5 de Janeiro de 2012, ano em que decorreram as últimas eleições no país, a CASA-CE conseguiu 1.903 votos no círculo provincial do Moxico, insuficientes para eleger qualquer assento. Os cinco lugares na Assembleia Nacional ficaram com o MPLA. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA