Eleições/ 2017: MPLA em Massangano reforça “caça” ao voto

militantes do MPLA (arquivo) (Foto: Diniz Simão)

O MPLA em Massangano, município de Cambambe, província do Cuanza Norte, reforçou, nesta sexta-feira, a sua “caça” ao voto através do contacto directo com o eleitorado, na perspectiva da vitória no pleito eleitoral de 23 do mês em curso.

Com esta estratégia, o partido pretende mobilizar o maior número possível de eleitores para que votem em si e no seu candidato, João Lourenço.

Xavier Domingos, primeiro secretário do MPLA na localidade, em declarações, à Angop, disse que a campanha porta-a-porta realizada até ao momento permitiu já percorrer a maior parte das 33 aldeias que compõem a circunscrição.

Para além de transmitir o programa de governação, em caso de vitória, os militantes do seu partido elucidam o eleitorado sobre as formas correctas de manusear o boletim de voto, por altura de depositá-lo na urna.

Por outro lado, 663 membros de assembleias de voto dos municípios do Cazengo (sede da província) e Golungo Alto, terminaram hoje um seminário de capacitação de agentes eleitorais, na antecâmara das eleições.

No Cazengo, a primeira fase da formação contou com 444 agentes dos 705 membros de assembleias de voto recrutados, sendo que a segunda fase arranca na próxima segunda-feira com a participação de 261 formandos.

No município do Golungo Alto foram capacitados 219 membros das mesas das assembleias de voto. Ambas as formações tiveram a duração de cinco dias.

Em toda a província do Cuanza Norte, dois mil 530 membros, dos 10 municípios, estão a ser capacitados no quadro das eleições gerais.

A formação decorre em duas fases, sendo a primeira dedicada à capacitação dos membros de assembleias de voto dos municípios de Banga, Bolongongo, Golungo-Alto, Ngonguembo, Lucala e Quiculungo, enquanto a segunda, que arranca na próxima segunda-feira, vai contemplar agentes eleitorais de Cazengo, Cambambe, Ambaca e Samba Cajú.

A província do Cuanza Norte possui 157 mil 861 eleitores e conta com 506 mesas distribuídas em 296 assembleias de votos. (ANgop)

DEIXE UMA RESPOSTA