Depois de mortes em estádio, equipa senegalesa suspensa por sete anos

(DR)

A equipa foi responsabilizada pela actitude dos adeptos durante partida da Liga Senegalesa. Em julho, oito pessoas morreram e dezenas ficaram feridas após a queda de um muro num estádio em Dacar.

A Comissão Disciplinar do Campeonato Senegalês de futebol suspendeu por sete anos o Union Sportive Ouakam, por considerá-lo culpado pelos distúrbios que causaram, no dia 15 de julho, oito mortes no estádio Demba Diop, em Dacar.
O órgão

considera o Ouakam “responsável exclusivo” pela tragédia, pela atitude dos seus adeptos durante a disputa da final da Copa da Liga Senegalesa contra a equipa do Stade Mbor, e a classificou o incidente como uma falta “grave e inadmissível”.

A comissão argumentou que a actitude agressiva dos adeptos do Ouakam fez com que os da equipa adversária Mbor se amontoassem contra um dos muros do estádio, que acabou cedendo, provocando as oito mortes e deixando dezenas de feridos.
Além de ter sido suspenso por sete anos, o Ouakam terá que pagar uma multa de 10 milhões de francos CFA (pouco mais de 15 mil euros) e voltará às competições na liga regional, após cumprir a sanção. (DW)

DEIXE UMA RESPOSTA