Cunene: INAC reforça medidas de protecção dos direitos da criança nas comunas

CRIANÇAS DO CENTRO DE ACOLHIMENTO EL-BETEL (ILUSTRAÇÃO) (FOTO: FOTO DE LINO GUIMARAES)

O Instituto Nacional da Criança (INAC) no Cunene está a reforçar a nível das 20 comunas da província, as medidas de Protecção e promoção dos direitos da criança, no âmbito da gestão e prevenção dos casos de violência contra a integridade dos menores.

A informação foi avançada nesta terça-feira, à Angop, pelo chefe de Secção de Protecção à Criança do INAC no Cunene, Macuntina Samuel, referindo que das 20 comunas, oito contam com redes de protecção à criança que estão a promover a boa convivência entre as crianças e encarregados de educação.

Explicou que as redes constituídas em grupos de 20 alunos do I ciclo, por cada comuna, jogam um papel importante na moralização das famílias nas comunidades, em despertar o interesse da criança, desde o acesso à educação, à assistência médica, o registo civil, entre outros direitos.

“Termos como objectivo criar em todas comunas as redes, assim como continuar a manter encontros pedagógicos com as famílias, no sentido de corresponderem com as expectativas das crianças, respeitando deste modo os seus direitos e deveres consagrados na legislação do país”, referiu. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA