Ler Agora:
Bolsa de Lisboa em queda pressionada por Mota-Engil, Sonae, Pharol e BCP
Artigo completo 2 minutos de leitura

Bolsa de Lisboa em queda pressionada por Mota-Engil, Sonae, Pharol e BCP

A praça lisboeta abriu o dia a negociar no ‘vermelho’, com as ações de 14 das 19 empresas cotadas no PSI20 a descer

bolsa de Lisboa segue hoje a negociar no ‘vermelho’, a perder 0,60% para 5.244,21 pontos, com a Mota-Engil, a Sonae, a Pharol e o BCP a liderarem as quedas.

Cerca das 9h00 em Lisboa, das 19 cotadas no índice PSI20, 14 caíam, duas subiam e três estavam inalteradas (Galp, Ibersol e Novabase, nos 14,21 euros, 14,13 euros e 3,208 euros, respectivamente), com a praça portuguesa em queda, à semelhança das suas congéneres europeias.

A liderar as quedas seguia a Mota-Engil, ao recuar 1,48% para 2,46 euros, seguida da Sonae, a perder 1,32% para 0,973 euros, da Pharol, a cair 1,18% para 0,336 euros, e do BCP, a descer 1,01% para 0,2356 euros.

A contribuir para o comportamento negativo do principal índice português, o PSI20, estavam também as acções da retalhista Jerónimo Martins, que caíam 0,50% para 16,965 euros, as da Semapa, que perdiam 0,69% para 16,49 euros, e as da EDP, que deslizavam 0,41% para 3,145 euros.

A EDP Renováveis também recuava, ao perder 0,16% para 6,775 euros.
A contrariar as descidas, estavam os CTT, que se valorizavam 0,07% para 5,364 euros, e a REN, que avançava 0,04% para 2,834 euros. (Jornal Económico)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »