Bié: Homicídios preocupam Polícia Nacional

BIÉ: SUPERINTENDENTE- CHEFE ANTÓNIO HOSSI - PORTA-VOZ DO COMANDO DA PN (FOTO: BARTOLOMEU DO NASCIMENTO)

Pelo menos quatro homicídios foram registados na província do Bié, pelos efectivos do Comando Provincial da Polícia Nacional, durante os últimos sete dias.

A informação foi veiculada hoje, à Angop, na cidade do Cuito, pelo porta-voz do comando provincial da Polícia Nacional, o superintendente-chefe António Hossi, quando falava da situação delituosa.

Sem avançar os homicídios da semana trasacta, disse que, dos homicídios registados, constam três voluntários e um qualificado nos municípios do Cuito, Catabola e Chitembo, cujos actores encontram foragidos.

Os crimes foram praticados com armas brancas, espancamentos, como consequência de divergência familiar, bem como o roubo de uma motorizada.

Informou ainda que, nos últimos sete dias o comando provincial da Policia nacional notificou 55 crimes de natureza diversas, contra os 35 do período anterior, que corresponde uma produção de 7.8 casos por dias.

Dos crimes praticados destaca-se a ordem e tranquilidade pública, uso e posse de estupefacientes, posse ilegal de armas de fogo e de engenhos explosivos, homicídios voluntários simples, homicídios com culpas graves, entre outros.

Os mesmos resultaram na detenção de 35 indivíduos implicados nos referidos crimes, entre os quais 33 do sexo masculino e dois do género feminino.

São que influenciaram nos delitos o uso excessivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, divergências nos lares, ganância ao lucro fácil, falta de iluminação pública nos principais centros suburbanos, a inobservância às regras de trânsito. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA