Ataque com faca deixa 3 mortos em posto de contagem de votos no Quénia

Violência durante as eleições no Quénia (DR)

Uma pessoa morreu quando uma gangue que usava facões atacou um posto de contagem de votos no município costeiro de Tana River, no Quénia, nesta quarta-feira, e a polícia matou a tiros dois agressores, disse uma testemunha.

O funcionário eleitoral morto estava a trabalhar para o partido governista Jubilee, disse o morador Hassan Barisa. A polícia confirmou as mortes.

Nesta quarta-feira, a comissão eleitoral do Quénia rejeitou as reivindicações do líder da oposição, Raila Odinga, de que seus sistemas e sites foram pirateados para produzir uma liderança “fictícia” para o rival de Odinga, o
presidente Uhuru Kenyatta.

Protestos ocorreram em redutos da oposição na capital, Nairóbi, e na cidade ocidental de Kisumu, enquanto a contagem dos votos das eleições de terça-feira continuava. (Reuters)
Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA