Visita a Bruxelas marcou uma nova etapa no aprofundamento e consolidação da parceria especial – PR

Jorge Carlos Fonseca, considera que a sua visita a Bruxelas marcou uma nova etapa no aprofundamento e consolidação da parceria especial entre Cabo Verde e a União Europeia (UE). (DR)

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, considera que a sua visita a Bruxelas marcou uma nova etapa no aprofundamento e consolidação da parceria especial entre Cabo Verde e a União Europeia (UE).

O Chefe de Estado, que terminou esta quarta-feira, 12, uma visita de dois dias a Bruxelas, lembra, em declarações à Inforpress, que manteve contactos ao mais alto nível com os responsáveis da UE nomeadamente o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, com o presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani e com o presidente da Comissão da União Europeia Jean-Claude Juncker.

Em cima da mesa esteve a questão do alargamento da parceria através da integração de mais três novos pilares, designadamente o investimento crescimento e emprego, o pilar da gestão dos oceanos e das reformas institucionais.

“O que posso dizer é que essa pretensão está num muito bom caminho (…). Em todos esses encontros houve uma grande demonstração de vontade política de contribuir para esse alargamento e aprofundamento da parceria especial. Senti e ouvi um grande interesse e empenhamento para que as relações entre Cabo Verde e UE sejam mais próximas e mais sólidas”, disse.

Jorge Carlos Fonseca lembrou ainda que numa reunião ministerial que antecedeu os seus encontros, e na qual participou o ministro cabo-verdiano dos Negócios Estrangeiros e da Comunidades, Luís Filipe Tavares, e o embaixador de Cabo Verde em Bruxelas, José Filomeno Monteiro, foi adoptada uma declaração que aceita esse alargamento e esse aprofundamento.

“Portanto com essa declaração, não havendo quaisquer obstáculos por parte de qualquer Estado-membro implica a aceitação desse alargamento. Depois seguirão os procedimentos e a concretização através de programas, acções e projectos nessas três componentes”, explicou.

Para além do alargamento da parceria com a introdução de mais três novos pilares, os encontros serviram também para tratar outras questões relacionadas com essa parceria que já completou 10 anos de existência.

Um dos assuntos é a questão da mobilidade. Neste particular, Jorge Carlos Fonseca disse também ter encontrado empenho e compreensão por parte das autoridades europeias no sentido de haver progresso em matéria de mobilidade.

“Não é uma matéria fácil, mas fiquei muito satisfeito de ver da parte dos responsáveis políticos principais da UE muita compreensão, empenho e vontade para trabalharmos em conjunto para que possa haver progresso também na questão da mobilidade”, disse, sublinhando que essa sua visita a Bruxelas representará uma etapa de aprofundamento e consolidação dessa parceria especial.

A parceria especial entre Cabo Verde e UE completa este ano 10 anos e contempla seis pilares designadamente boa governação, segurança e estabilidade, sociedade de conhecimento, luta contra pobreza, integração regional e convergência técnica e normativa. (Inforpress)

DEIXE UMA RESPOSTA