Vendas na centralidade de Capari abrem a 06 de Julho

Urbanização de Capari-Bengo (Foto: Imogestim)

As candidaturas para aquisição de moradias na centralidade de Capari, na província do Bengo, abrem a 06 de Julho, informou segunda-feira, o assessor para Comunicação e Imagem da Imogestin, Mário Guerra.

O responsável fez este anúncio, no final de visita da ministra do Urbanismo e Habitação, Branca do Espírito Santo, que efectuou na centralidade de Capari, onde estão disponíveis três mil e 400 habitações para a venda.

Mário Guerra explicou que a par do Capari (no Bengo), a centralidade do KM 44 (Luanda), com cerca de 1.900 habitações, são os únicos projectos que estarão a venda de momento, por possuírem infraestruturas externas parcialmente executadas que permite a sua comercialização.

Esclareceu não existir limitações de idade na venda das habitações, referindo haver uma política que visa proteger os jovens, para os quais estão reservadas 30 porcento das habitações, o que não significa que as pessoas com idade superior a 40 anos não possam comprar. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA