Uíge: Mais de 30 pessoas morreram de HIV-SIDA no I semestre

(Arquivo) Cidade do Uíge (Foto: Pedro Parente)

Trinta e quatro pessoas morreram vítimas de hiv-sida, durante o primeiro semestre do corrente ano, contra quarenta e cinco outras do mesmo período de 2016, informou hoje, o supervisor provincial da Luta Contra a Sida no Uíge, Benjamin Mazingo Nkambani.

O supervisor anunciou à Angop que no mesmo período foram testados 38 mil e 166 pessoas, com 689 elementos seropositivos detectados, contra 565 controlados no primeiro semestre do ano anterior.

Benjamin Mazingo, assegurou que dentre os mesmos, 64 foram diagnosticados ainda com tuberculose e hiv-sida, bem como foram testadas 12 mil 620 mulheres grávidas, das quais 113 são também casos positivos.

Na ocasião, o responsável avançou que destas mulheres, 92 estão a ser acompanhadas pela direcção provincial de Luta Ccontra a Sida.

Para o acompanhamento e controlo da situação da doença na província, o supervisor referiu que, durante o primeiro semestre, foram realizadas actividades de supervisão nos municípios de Ambuila, Mucaba, Bembe, Sanza-Pombo e Bungo, bem como a distribuição de 597 mil preservativos a vários municipes. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA