Trienal de Luanda encerra homenagens com o músico Dionísio Rocha

(DR)

Compositor, investigador, promotor e agente cultural, Dionísio Rocha, será homenageado hoje às 21 horas, no Palácio de Ferro, durante um concerto no Palco Ngola, no âmbito da III Trienal de Luanda.

Segundo a organização, Dionísio Rocha encerra assim o ciclo de homenagens na III Trienal agendadas para o mês de Julho. Ao longo de 3 horas de concerto, o autor de memoráveis sucessos como “Pemba Laca”, “Criançada”, “Passarinho Piô”, “Mulher Angolana”, “Rumba Negra”, entre outros, contará com o suporte da Banda Movimento, da Rádio Nacional de Angola (RNA) com Massoxi Kim, voz e dikanza, Miguel Correia (percussão), Chico Madne (teclados) e Nino Groba (teclados).

O elenco artístico inclui ainda Teddy N´singui (viola solo), Romão Teixeira (bateria), Mias Galheta (baixo), Quintino (guitarra ritmo), Mister Kim (voz e coro), Beth Tavira e Dorgan Nogueira (coros). Juntar-se-ão também a este magno elenco, os músicos Joy Artur e Nicinha Rocha, filha do homenageado, que, segundo a organização, interpretará também alguns dos seus conhecidos temas.

O artista

Nascido em 1946 na cidade de Benguela, Dionísio Rocha começou a cantar aos 8 anos, no Bairro Benfica, animando actividades culturais em escolas. (O País)

DEIXE UMA RESPOSTA