Seul propõe a Pyongyang conversações a nível militar

A situação na península coreana agravou-se nos últimos meses devido a uma série de lançamentos de mísseis e de testes nucleares conduzidos por Pyongyang. (DR)

A Coreia do Sul sugeriu à Coreia do Norte um encontro para conversações a nível militar. Se vier a realizar-se, este será o primeiro encontro entre representantes militares das Coreias quase em dois anos.

O objectivo, diz Seul, é apaziguar as tensões na península, pondo fim a actividades consideradas hostis da parte do Norte.

O encontro deverá ter lugar dia 21 deste mês, em Tongilgak, próximo da linha que divide os dois países, referido na região como linha de demarcação militar.

A proposta surge cerca de uma semana depois do presidente sul-coreano, Moon Jae-Iin, ter dito que o mais importante para aliviar a tensão na península é o diálogo.

O programa nuclear da Coreia do Norte é motivo de preocupação para os vizinhos sul-coreano e japonês, mas também para os Estados Unidos e para a China, considerada como o único aliado da Coreia do Norte na esfera internacional. (Euronews)

DEIXE UMA RESPOSTA