Samakuva: Substituição de Vicente por Kopelipa é “golpe de Estado constitucional”

Isaías Samakuva, presidente da UNITA (DR)

Em causa despacho do PR que substitui o vice-presidente pelo Chefe da Casa de Segurança na ausência de Manuel Vicente
O presidente da UNITA classificou de “golpe de Estado constitucional” a substituição do vice-presidente angolano pelo ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança da Presidência da República.

“O nosso ordenamento jurídico apresenta como terceira pessoa na hierarquia do Estado o presidente da Assembleia Nacional, quem devia substituir o vice-presidente e não o chefe da Casa de Segurança”, afirmou Isaías Samakuva à VOA aqui em Washington.

Para o líder da oposição, embora não tenha tido tempo para analisar o despacho e ouvir os seus conselheiros jurídicos, a decisão do Presidente da República constitui um “golpe de Estado Constitucional”, facto que irá merecer uma resposta à altura da UNITA.

Em despacho do passado dia 26, José Eduardo dos Santos determinou que Kopelipa vai “responder pelo gabinete” do vice-Presidente da República, Manuel Vicente, que se vai “ausentar temporariamente” de Angola “em visita privada”.

Nos círculos políticos de Angola admite-se que Vicente possa deslocar-se ao exterior para tratamento medico, apesar de, três dias depois do despacho, ele ter inaugurado a segunda central do aproveitamento hidroeléctrico de Cambambe, na província do Kwanza Norte. (VOA)

DEIXE UMA RESPOSTA