Realizado o primeiro teletransporte da Terra para um satélite em órbita

A vida na Estação Espacial Internacional. (Reuters)

Um grupo de investigadores e físicos quânticos chineses completou o primeiro teletransporte da Terra para um satélite, que orbitava a mais de 300 milhas de distância. O “objecto” teletransportado foi apenas um fotão, ou seja, uma pequena partícula medidora da energia luminosa.

A experiência pode não ser um grande contributo para a questão do teletransporte, mas é um grande passo para a física quântica, salienta a Sky News.

Em 2016, a mesma equipa de investigadores lançou um satélite chamado “Micius”, com um receptor de fotões, que permite detetar o estado quântico de um único fotão, que é “atirado” contra ele, a partir da Terra.

O teletransporte descrito por estes investigadores pode ser explicado através de um fenómeno da física quântica chamado de “efeito do observador”. Isto é, quando os fotões estão “emaranhados” uns nos outros significa que se formaram no mesmo instante, no mesmo espaço e que partilham as mesmas características. Assim, o estado quântico dos fotões “emaranhados” está vinculado, ou seja, se observarmos o estado de um dos fotões, isso vai mudar, instantaneamente, o estado de outro. Essa mudança imediata é o que os investigadores descrevem como teletransporte. (TVI 24)

DEIXE UMA RESPOSTA