Polícia detém homens acusados de retirar indicativos de Assembleias de Voto

Patrulheiro da Policia Nacional (Foto: Valentino Yequenha)

A Polícia Nacional deteve, na quarta-feira, em Luanda, dois homens acusados de terem retirado vários indicativos de Assembleias de Voto colocados pela Comissão Provincial Eleitoral, para as eleições de 23 de Agosto de 2017.

O director do Gabinete Institucional e Imprensa da delegação de Luanda do Ministério do Interior, inspector-chefe Mateus de Lemos Rodrigues, disse hoje, quinta-feira à Angop, que os acusados foram detidos no distrito urbano da Maianga e município de Viana.

De acordo com o oficial da corporação, os detidos, que retiraram mais de quatro indicativos colocado em locais públicos, deverão ser encaminhados nas próximas horas para o Tribunal de Polícia, no distrito da Ingombota, para julgamento sumário.

Segundo o oficial, os homens vão ser julgados sob a acusação da prática de vandalismo e destruição de bens públicos.

Mateus Rodrigues apelou a realização de campanhas de sensibilização no sentido de ajudar na mobilização das boas práticas e evitar actos do género. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA