Polícia apresenta supostos marginais que retiraram dísticos das assembleias de voto

Patrulheiro da Policia Nacional (Foto: Valentino Yequenha)

O Serviço Provincial de Investigação Criminal do Bengo apresentou sexta-feira, em Caxito, 11 cidadãos que foram detidos por retirarem os dísticos de identificação das assembleia de voto para as eleições gerais de 23 de Agosto de 2017.

Na ocasião, foram igualmente apresentados supostos marginais, que praticavam assaltos à mão armada e violações nos bairros do município do Dande.

Em declarações à imprensa, o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação Provincial do Ministério do Interior, Gaspar Luís Inácio, exortou a população a colaborar com a polícia nas denúncias, por forma a prevenir, identificar os crimes e os seus autores.

Por seu turno, o especialista e porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, Peterson Cassule, disse que no âmbito das actividades de prevenção da criminalidade, foram realizadas várias micro-operações que resultaram na detenção dos autores de crimes de homicídio voluntário, qualificado, violação de menor e roubos.
O responsável acrescentou, que o seu órgão vai continuar a combater a criminalidade, tornando público os seus resultados sempre que for possível. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA