Namibe: Vice-presidente entrega meios informáticos aos estudantes da Academia de Pescas

Vice-presidente da República inaugura Academia de Pescas e Ciências do Mar do Namibe (Foto: Clemente)

O vice-presidente da República, Manuel Vicente, procedeu, nesta segunda-feira, a entrega de autocarros e computadores portáteis aos estudantes e coordenadores do curso da Academia de Ciências do Mar do Namibe, por si inaugurada, em representação do presidente da República, José Eduardo dos Santos.

Foram contemplados com meios informáticos 24 estudantes daquela instituição superior de ensino, que vem dar resposta à necessidade de haver quadros de nível superior com qualidade e quantidade para desenvolver o país no sector das pecas.

Após descerrar a placa, seguido do corte da fita, Manuel Vicente, acompanhado dos ministros de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Hélder Vieira Dias, e do chefe da Casa Civil do Presidente da República, Manuel da Cruz Neto, e outros auxiliares do Titular do Poder Executivo, percorreu diversos compartimentos da infra-estrutura, considerada uma das maiores de África.

O vice-presidente inteirou-se do funcionamento das salas de motor Diesel, de luta contra incêndios, oficina de soldadura, piscina (demonstração de salvamento no mar), lar dos estudantes e condomínio dos docentes.

A instituição de ensino superior, que tem como objectivo principal a formação de especialistas e técnicos superiores nas áreas das pescas e ciências do Mar, é constituída por três faculdades, nomeadamente a de pescas, de processamento de pescado e a de exploração de recursos Aquáticos.

Mais de 500 estudantes frequentam o primeiro ano académico naquela instituição superior de ensino, iniciado em Maio deste ano.

As instalações estão dotadas de condições de alojamento para professores e alunos, havendo a perspectiva de vir a receber estudantes de outros países africanos que desejam se formar, fundamentalmente aqueles que têm no mar uma grande importância estratégica.

No âmbito das duas fases do projecto: a 1ª de 2009 a 2011 e a 2ª de 2013 a 2016, foi construído a Academia de Pescas e Ciências do Mar, que conta com várias estruturas especializadas como o centro de resgate e salvamento, laboratório de mecânica naval, conjuntos de simuladores e 30 laboratórios em diferentes áreas.

O valor global do projecto é de 111 milhões de dólares norte-americanos, dos quais 37 milhões financiados pelo governo polaco e 74 pelo governo angolano.

Concepção da ideia

A ideia de construção da Academia de Pescas e Ciências do Mar no Namibe data de 2003, quando o Presidente José Eduardo dos Santos realizou uma visita à Polónia.

Foi nessa ocasião que surgiu a vontade de estabelecer uma cooperação académica e educacional entre a Polónia e Angola, no âmbito da educação profissional marítima, e se escolheu a cidade do Namibe para a construção da Academia, uma das maiores instituições do género em África.

Na altura poucas pessoas acreditavam que um projecto tão vasto e complexo pudesse um dia concretizar-se e ser uma realidade. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA