Moçambique reforça controlo ao contrabando de álcool

Moçambique vai fiscalizar novos selos de bebidas alcoólicas (www.flickr.com)

Em Moçambique, as bebidas alcoólicas passam, hoje, a ser obrigadas a ter um novo selo de controlo fiscal para serem vendidas no país. A medida visa combater a fuga ao fisco.

Todas as bebidas alcoólicas à venda no mercado moçambicano sem o selo fiscal vão ser recolhidas sob suspeita de serem produto contrabandeado, avisou o director regional sul da Autoridade Tributária Amílcar Mulungo.

A medida entrou em vigor este domingo para os vinhos e bebidas espirituosas, mas as cervejas têm mais tempo para se adaptar já que a selagem obrigatória passa a ser obrigatória a partir de 17 de Novembro.

De acordo com as autoridades alfandegárias, metade das bebidas alcoólicas importadas entram em Moçambique ilegalmente. Só este ano, o Estado perdeu 60% das receitas fiscais que deviam ser cobradas no comércio de bebidas alcoólicas e tabaco manufacturado devido ao contrabando. (Rfi)

DEIXE UMA RESPOSTA